terça-feira, 27 de julho de 2010

Mentira...


A mentira que aceitamos como verdade. Compromissos desfeitos por uma mentira. Deixar de viver a vida de Cristo para viver a triste utopia de ser quem não sou.

Assim a mentira é: nos faz acreditar que “posso ser quem não sou”, nos faz acreditar que “posso fazer o que quiser”. Quando é preciso explicar algo, logo, temos a mentira como verdade, mais uma vez, para apagar o erro. Mentiras tolas, porém, ferem o Espírito que habita em nós.”

Ananias e Safira mentiram.
1 Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade,
2 e reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e levando a outra parte, a depositou aos pés dos apóstolos.
3 Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço do terreno?
4 Enquanto o possuías, não era teu? e vendido, não estava o preço em teu poder? Como, pois, formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.
5 E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E grande temor veio sobre todos os que souberam disto.
6 Levantando-se os moços, cobriram-no e, transportando-o para fora, o sepultaram.
7 Depois de um intervalo de cerca de três horas, entrou também sua mulher, não sabendo o que havia acontecido.
8 E perguntou-lhe Pedro: Dize-me vendestes por tanto aquele terreno? E ela respondeu: Sim, por tanto.
9 Então Pedro lhe disse: Por que é que combinastes entre vós provar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e te levarão também a ti.
10 Imediatamente ela caiu aos pés dele e expirou. E entrando os moços, acharam-na morta e, levando-a para fora, sepultaram-na ao lado do marido.

“A mentira traz para nossas vidas resultados trágicos; pouco a pouco vamos exterminando o caráter de Cristo. Ananias mentiu; e foi morto. Safira, sua esposa, também mentiu; e também foi morta.”

“O pecado nos afasta de Deus. Porque todos nós pecamos e carecidos estamos da Glória de Deus.”

O homem por si só já esta afastado do primeiro amor, que é Cristo. Nosso espírito luta todos os días contra nossa carne. Todos os dias precisamos deixar nossas vidas aos pés da Cruz, que onde podemos nos redimir dos nossos pecados. A mentira anula em nós tudo que foi construido pro Cristo, quando mentimos uma coisa boba aquí, outra ali…sem perceber nos tornamos amigos do pecado e, o que era para ser abominado, acaba tonando-se nossos aliado; assim, matamos a identidade de Cristo em nós.

Peço perdão para os leitores, tempos e tempos sem postar…mas agora vamos procurar manter posts semanais!!!God Bless YOu…