domingo, 16 de maio de 2010

Igreja Presbiteriana e Instituto Canzion...

Hoje o dia foi muito cheio e corrido...A semana inteira ficamos meio que perdidos no tempo pos não saber qual dia da semana é o certo, porém a dúvida sempre sessa no Domingo porque é sempre o dia que ministramos duas, três vezes por dia...e hoje não foi diferente! Pela manhã ministramos na IGREJA PRESBITERIANA aqui em Valencia, e a noite ministramos no INSTITUTO CANZION. Para quem não sabe o instituto é uma escola de música e adoração...jovens vêem de todo o país para estudar música e aprender mais também sobre adoração!!!
Palavras vêem e vão em nossa boca, dizemos tantas coisas que ao final do dia não podemos contabilizar tudo o que foi dito, todas as palavras lançadas, todas as palavras jogadas ao vento; durante um dia palavras talvez escritas em um pequeno pedaço de guardanapo para outros; informações, conhecimento, sabedoria. A palavra também pode trazer amargura, tristeza, dor, alegria, surpresa, amor...Com palavras, talvez singulares, podemos definir cada momento da nossa vida, uma vitória, uma luta, uma perda; palavras mal aproveitadas, desatinos, momentos de raiva, ilusão.
A palavra pode dar vida a outrém, mas, a palavra pode matar a vida de outrém. Gosto de comparar as palavras com dias. Muitas vezes não sabemos em que dia estamos e muitas vezes não sabemos que palavras dizer. Deixamos palavras correrem em nossa boca mas não agimos, da mesmas forma deixamos os dias passarem e não tomamos uma atitude de mudança. Os dias mudam, todo dia é um dia singular. As palavras mudam, a todo momento falamos algo novo. Como os dias que passam, as palavras se vão; dias que não voltam, mas as palavras voltam.
Momentos tristes, palavras de alegria. Dias alegres, palavras de esperança. Dias e palavras cruzando no curso da vida, indo ao encontro do esperado, vivendo, morrendo, falando. Assim nós, que mudamos todos os dias, procuramos dias novos e palavras novas, para trazer a memória aquilo que nossa carne tenta tornar esquecido, vivendo um dia de cada vez deixamos os dias e as palavras do Senhor nos moldar o caráter daquele se fez vergonha por nós!!!

Um comentário:

Finha disse...

Eu ocnheci o Instituto Canzion através de uma visita do Pr. Marcos Witt em Recife com o ministério de louvor creio q foi em 2005... foi maravilhoso!! :D

Selene Gama